Lembrando Miltinho – O Rei do Ritmo (Sesc-Tijuca- 2016)

Lembrando Miltinho

“O Rei do ritmo”

Aos 86 anos, Milton Santos de Almeida, o cantor Miltinho, nos deixou. No entanto sua voz, seu suingue e o sincopado inigualável de suas interpretações jamais serão esquecidos na história da música popular do nosso país.

Miltinho começou sua longa e marcante trajetória musical nos anos 1940 fazendo parte de alguns importantes conjuntos vocais da época como “Anjos da Lua” e “Quatro Azes e um Coringa”. Na década de 60 lançou-se em carreira solo e gravou um sem número de LPs no Brasil e na América Latina.

Agora, para relembrar – ou apresentar aos mais jovens – este “Rei do ritmo”, Sergio Coelho apresenta o show “Lembrando Miltinho”, com um roteiro que reúne em aproximadamente uma hora e quinze minutos alguns de seus maiores sucessos.

“A ideia é homenagear este ícone da MPB que durante anos interpretou inúmeros gêneros de nosso cancioneiro com sua maneira única de cantar”, explica Sergio, cantor e compositor que no inicio de sua carreira, nos anos 80, teve a honra de fazer, por duas vezes, aberturas de shows de Miltinho no extinto e saudoso Beco da Pimenta, em Botafogo.

Para que o “balanço e o suingado do mestre” sejam bem representados, Sergio Coelho convocou um quinteto formado por Antonio Guerra (teclado e acordeom), Paulinho Athayde (violão, cavaquinho e direção musical ) , Markus Britto (baixo), Dirceu Leite (sopros) e Luisinho Sobral (bateria).

“Miltinho tinha uma maneira muito própria de interpretar sambas, boleros e canções. Não é minha intenção tentar imitá-lo e sim reverenciar este inconfundível intérprete brasileiro” justifica Sergio Coelho, que celebra 34 anos de carreira em 2017.

No repertório estão, entre tantos outros sucessos, as clássicas “Mulher de trina”, “Palhaçada”, “Ninguém é de ninguém”, “Laranja madura”, “Nossos momentos” e “Poema do adeus”, além dos boleros “La barca” e “Sabor a ti”, gravados em alguns de seus LPs produzidos para o mercado latino americano.

“Foi difícil selecionar as canções para serem apresentadas neste show, já que Miltinho gravou mais de cem discos, mas com certeza o que garimpamos é um bom exemplo de diversidade e qualidade do seu maravilhoso repertório”, relata Sergio Coelho.

Salve Miltinho !

Flyer:

 

Sobre Miltinho

http://www.dicionariompb.com.br/miltinho

http://pt.wikipedia.org/wiki/Miltinho_(cantor)